Escola promove evento de referência mineira sobre Comportamento Motor | EEFFTO - UFMG  


Alto Contraste

PT ENG ESP





Escola promove evento de referência mineira sobre Comportamento Motor

11/11/2013 | 13:35

O comportamento motor abrange diversas temáticas práticas e laboratoriais. No estudo dessa área, a Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) já é referência em Minas Gerais. Durante o VI Seminário Mineiro de Comportamento Motor, que aconteceu na Escola nos dias 08 e 09 de novembro de 2013, alunos, docentes e profissionais de diferentes instituições do estado estiveram presentes.

As palestras abordaram temas bastante abrangentes, e foram ministradas por professores não só da Educação Física, mas também da Fisioterapia, da Terapia Ocupacional e da Música. Janaina de Souza está cursando o 4º período de Educação Física na Fumec e já trabalha na área, para ela o seminário atingiu às expectativas. "Achei muito bom. Trabalho com pessoas com deficiência, então todas as apresentações foram interessantes", afirmou a aluna.

Para Igor Pestilli, educador físico escolar, o interessante foi ver as aplicabilidades dos temas tratados. "As áreas são bem interessantes. O ensino das modalidades, e principalmente modalidades esportivas, com certeza serão aplicados ao meu trabalho", contou Igor.


O evento, que já está em sua sexta edição, é organizado pelo Grupo de Estudos em Desenvolvimento e Aprendizagem Motora (Gedam). "O Gedam é o ponto de referência para a área de Comportamento Motor no Estado de Minas Gerais. Temos a responsabilidade de divulgar e incentivar o Comportamento Motor. Dentre as ações que implementamos, a organização do evento possibilita o intercâmbio e a troca de conhecimento de docentes e alunos de diferentes instituições de Minas", explicou o professor Guilherme Lage, do Departamento de Educação Física e membro do grupo. 

Patrick Ribeiro é de Varginha-MG e pretende fazer mestrado na EEFFTO, por isso, já frequenta as reuniões do Gedam. Para o aluno o seminário agregou muito ao seus estudos: "Foi muito bom, principalmente na questão da pesagem, do controle. Gostei da diversidade das pesquisas. A evolução desse conteúdo e as variadas temáticas também foram ligadas à prática, que acrescentam muito aos nossos estudos". 

Veja mais fotos do evento.

A referência na área de comportamento motor

O Grupo de Estudos em Desenvolvimento e Aprendizagem Motora surgiu em 2000, com iniciativa do professor Rodolfo Benda, do Departamento de Educação Física. Envolvendo as temáticas de adaptação, controle e práticas, além de desenvolvimento e aprendizagem, o grupo busca ir além do contexto de laboratório, para situações mais próximas de habilidades motoras. 

Rodolfo explica que o trabalho é feito do mesmo modo com crianças, idosos e deficientes físicos. Trabalhando o comportamento motor de uma forma bem ampla, a expectativa é associar os estudos ao contexto do ensino da educação física nas escolas e à prática esportiva.

O Gedam vem alcançando suas metas de produção de conhecimento na área de comportamento motor. "Quando começamos, a minha expectativa era que o Gedam fosse reconhecido como produtor de conhecimento. A minha interpretação hoje é de que se não tiver Gedam no Brasil, produzindo conhecimento na área de comportamento motor o próprio comportamento motor tem prejuízo. A expectativa, hoje é uma realidade, e a gente precisa sustentar essa temática", conta o professor Rodolfo, que afirma já ter planos de expansão e reconhecimento do grupo no exterior. 

Em conjunto com os professores de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da EEFFTO, que atuam com comportamento motor, o Gedam organizará no ano que vem o VII Congresso Brasileiro de Comportamento Motor. Esse é um evento itinerante da Sociedade Brasileira de Comportamento Motor (SOCIBRACOM). Ao final do segundo semestre de 2014, acontecerá o VII Seminário Mineiro de Comportamento Motor. 

Visite o site do Gedam.