EEFFTO recebe o 4º Ciclo de Palestras Pró-Saúde II | EEFFTO - UFMG  


Alto Contraste

PT ENG ESP





EEFFTO recebe o 4º Ciclo de Palestras Pró-Saúde II

25/11/2013 | 14:12

A noite da última sexta-feira, 22 de novembro, foi marcada pela 4ª edição do Ciclo de Palestras Pró- Saúde II. Com o tema "Exercício, esporte e inclusão", as palestras dos professores convidados e especialistas reforçaram a importância de discutir o assunto e fomentar o papel social dos profissionais. "Acredito que discutir inclusão está na pauta de qualquer setor hoje, na educação, na saúde, no mercado de trabalho. Então, a partir do momento que a universidade traz essa discussão, ela está buscando garantir que esse assunto seja socializado na sociedade acadêmica e não acadêmica. ", afirmou o professor Helvio Feliciano, um dos palestrantes do evento.

As três palestras ministradas trataram sobre: "Prevenção, Agravos e Reabilitação", "Esporte e Inclusão" e "Formação do Profissional do Esporte Adaptado". O evento contou com a participação de alunos e profissionais do ramo. Fabiana Silva é formada em Educação Física e atualmente trabalha em uma academia de ginástica e musculação. A profissional afirmou que os assuntos debatidos nesse ciclo de palestras foram importantes para o seu trabalho. "Pra nós que atuamos na área de Educação Física, lidar com deficientes físicos é uma possibilidade de trabalho mas que não sabemos como atuar. Muitas vezes os assuntos que foram tratados hoje não são aplicados por falta de conhecimento do profissional", contou Fabiana. 

Ronivaldo Gonçalves é estudante de Educação Física pela Faculdade Clarentino e já se interessou pelo assunto. "Gostei bastante das palestras, até porque não tive essa disciplina ainda. Então eu achei muito interessante e satisfatório os tópicos abordados", afirmou o aluno. 

Pedro Amério, ex-professor da EEFFTO, falou sobre a importância do esporte na inclusão das pessoas com deficiência. Em sua palestra, lembrou que esse assunto está além do espaço acadêmico e reforçou que o trabalho do profissional em Educação Física está em desenvolver competências, e não em estabelecer limites. "O esporte descobre e desenvolve os potenciais que as pessoas têm. Muitas vezes a sociedade só enxerga deficiência neles, e nós desenvolvemos as competências deles. Isso ajuda às pessoas às famílias e à sociedade vejam esses potenciais", afirmou o professor.

O 4º Ciclo de Palestras Pró-Saúde II (Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde) encerrou as atividades deste ano e será concluído em março de 2014.

Confira as fotos do evento.