EEFFTO - UFMG   

PT ENG ESP




O Programa Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação (PPGCR) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) foi aprovado pela CAPES em 2002, com conceito 4. Esse foi o primeiro Programa em Ciências da Reabilitação na área 21 e no Brasil. No ano 2004, em fase de consolidação, o programa foi reavaliado pela Comissão de Avaliação Trienal e recebeu Conceito 5. No ano seguinte (2005), foi elaborada proposta de curso de Doutorado, aprovada pela CAPES com conceito 5, com início das atividades em 2006. Acompanhando o processo de crescimento e consolidação, em outubro de 2012 o PPGCR foi selecionado entre os 20 programas de pós-graduação stricto sensu do Estado de Minas Gerais com conceito superior a 4 para participar do Acordo de Cooperação celebrado entre a FAPEMIG e a CAPES. Esse apoio reforçou, mais uma vez, o reconhecimento pelas agências de fomento, da evolução, consolidação e qualidade do PPGCR. Como resultado, na última avaliação Trienal (2010-2012) o PPGCR recebeu conceito 6 da CAPES.

A proposta pedagógica bem como a estrutura curricular do Programa encontram-se ancoradas no modelo conceitual da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) da Organização Mundial de Saúde (OMS, 2001). Consistente com esta perspectiva teórica, as teses, dissertações, projetos de pesquisa e trabalhos científicos desenvolvidos no PPGCR têm como foco o Desempenho Funcional Humano, nos aspectos relevantes da vida do indivíduo com diferentes condições de saúde e grupos etários, inseridos em distintos contextos e situações de vida. Em acréscimo, com a utilização de uma estrutura conceitual multidimensional reconhecida internacionalmente, objetiva-se estimular pesquisas inter e transdisciplinares, que de fato contribuam para aprimorar e avançar o conhecimento no campo da reabilitação. Desta forma, ressalta-se que, ancorada na estrutura conceitual da CIF, foi definida a área de concentração (Desempenho Funcional Humano) e as cinco linhas de pesquisa criadas ao longo dos anos de funcionamento do PPGCR. Tendo como tronco comum a Funcionalidade Humana e o histórico de parceria entre os docentes, as cinco linhas de pesquisa dão contorno à área de concentração Desempenho Funcional Humano e pautam os projetos de pesquisa e a produção científica do Programa. Na estrutura curricular, as disciplinas se complementam e permitem o aprofundamento de temas essenciais para a formação de um docente pesquisador com habilidades e competências necessárias para desenvolver estudos que permitam o avanço da ciência da reabilitação, bem como a consolidação das profissões que compõem este campo.

Destaca-se que o PPGCR conta com um sólido Programa de Residência Pós-doutoral, com participação de egressos e pesquisadores de outras instituições nas cinco linhas de pesquisa. Em 2016 teve início o Programa Interinstitucional de Doutorado em Ciências da Reabilitação - DINTER, uma parceria entre o PPGCR/UFMG e a Universidade Federal do Ceará (UFC).