EEFFTO - UFMG  


Alto Contraste

PT ENG ESP





Laboratórios

Laboratório de Análise do Movimento (LAM)

Os equipamentos destes dois laboratórios permitem a avaliação de uma enorme variedade de parâmetros relacionados à função neuromuscular, postura, equilíbrio dinâmico e análise do movimento humano. Os equipamentos são utilizados tanto na pesquisa, quanto no ensino clínico e também na prestação de serviços à comunidade, beneficiando desde os indivíduos severamente incapacitados até atletas de elite. Este laboratório conta com os seguintes equipamentos: 

•    Dinamômetro isocinético Biodex System 3 Pro; 
•    Dinamômetro manual;
•    Neurocom Balance Master Rehabilitation System;
•    GaitRite;
•    Sistemas de eletromiógrafos sem fio: Biopac System e MEGA 6000;
•    Sistemas de análise de movimento: 

  •   Qualisys Pro-Reflex (8 câmeras de 240 hz);
  •   Qualisys Oqus (4 câmeras de 360Hz + 1 câmera sony Full HD);
  •   CODAMOTION (4 unidades de monitoramento);

•    Sistema de células fotoelétricas 
•    Câmeras de vídeo digital;
•    Plataformas de força AMTI OR6-7 (n=3)
•    Esteira Instrumentada Bertec

Link para o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=FeUEpEabdwo&list=WL&index=8&t=4s

 

Linhas de pesquisa do laboratório:
1)Desempenho Motor e Funcional Humano
2)Saúde e Reabilitação do Idoso
3)Avaliação do Desenvolvimento e Desempenho Infantil
4)Comportamento Motor e Envelhecimento

 

Coordenador: Thales Rezende de Souza 
Telefone: 3409-4788
Contato: thalesrsouza@gmail.com

 

 

Avaliação do Desenvolvimento e do Desempenho Infantil

Estudo dos fatores moderadores e mediadores do desenvolvimento em crianças típicas e em grupos que apresentam distúrbios do desenvolvimento. Estudo da eficácia de diferentes procedimentos de intervenção voltados para a promoção do desenvolvimento e desempenho funcional infantil. Desenvolvimento e adaptação de testes para avaliação do desenvolvimento e desempenho infantil.

 

 

Laboratório de Avaliação e Pesquisa em Desempenho Cardiorrespiratório (LABCARE)

O Laboratório de Avaliação e Pesquisa em Desempenho Cardiorrespiratório (LabCare) da UFMG tem um área física de 65 m2. Está localizado no primeiro andar da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG, sala 1104. No LabCare é possível avaliar diversos parâmetros respiratórios e/ou cardiovasculares de indivíduos de diversas faixas etárias, em repouso e/ou durante exercício. 

Neste laboratório estão sendo desenvolvidos projetos relacionados à análise de parâmetros ventilatórios e metabólicos de populações específicas, assim como avaliação de procedimentos e recursos terapêuticos fisioterápicos, como, por exemplo, programas de condicionamento cardiorrespiratório, de reabilitação pulmonar, de condicionamento específico da musculatura respiratória, de técnicas de reexpansão pulmonar e de ventilação não invasiva. 

Atualmente, tem sido desenvolvidos projetos com indivíduos saudáveis ou populações apresentando disfunções tais como: doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), doença de Parkinson ou pacientes pós-acidente vascular encefálico. O LabCare tem a climatização necessária para a realização de testes onde é necessário o controle de temperatura do ambiente.

Abaixo estão listados os equipamentos permanentes utilizados no processo de investigação:

  • Pletismografia optoeletrônica (BTS Bioengineering, Milão Itália): É um instrumento não-invasivo capaz de medir de forma acurada, respiração a respiração, variações de volume da parede torácica e de seus compartimentos (caixa torácica pulmonar, caixa torácica abdominal e abdome), por meio de coordenadas de 89 marcadores reflexivos posicionados em pontos anatômicos anterior e posteriormente na parede torácica que são captadas por meio de 6 câmeras. A partir das coordenadas tridimensionais de cada ponto, o volume envolvido pela superfície da parede torácica é computado conectando-se os pontos para formar triângulos. Um modelo geométrico desenvolvido com base no Teorema de Gauss é, então, aplicado para determinação do volume delimitado pela parede torácica;
  • Pneumotacógrafo (Hans Rudolph, Kansas, Missouri/ USA): utilizado na análise de fluxos e volumes pulmonares por meio de medida direta dos gases expirados. Este equipamento se conecta diretamente ao pletismógrafo optoeletrônico, facilitando a coleta conjunta dos dados;
  • Sistema de análise de gases (Medgraphs, CPX Ultima, Miami FL, USA): realiza a análise dos gases expirados por meio de um sistema metabólico de análise de gases em adição ao monitoramento eletrocardiográfico, à mensuração da saturação de oxigênio e da pressão arterial, tipicamente realizados durante teste progressivo máximo limitado por sintomas, em cicloergômetro ou esteira;
  • Sistema de análise de gases portátil (MetaMax 3B - CORTEX Biophysik GmbH – Leipzig, Alemanha): Este sistema possibilita a analise de gases expirados durante atividades realizadsa fora do ambiente do laboratório, como por exemplo na mimetização das atividades de vida diária;
  • Near-infrared Spectroscopy (NIRS - Portamon System - Artinis; Holanda), também conhecido como Espectroscopia por Infravermelho Próximo é um método não invasivo para monitorar continuamente a oxigenação e a hemodinâmica tissular. Baseia-se os princípios da transmissão de luz e da absorção de cromóforos para mensurar as concentrações de oxigenação e desoxigenação da hemoglobina, provendo informações sobre microcirculação periférica. O aparelho adquirido é portátil, tem sistema wireless, e permite a análise em repouso e em movimento;
  • Manovacuômetro digital (NEPEB/LabCare, UFMG, Belo Horizonte-MG, Brasil): Medidor digital das pressões respiratórias máximas. O sinal de pressão é coletado por sensores piezorresistivos diferenciais com faixa de medição até 510 cmH 20, modelo MPX5050 (Freescale Semiconductor, Austin, Texas);
  • Cicloergômetro de frenagem eletromagnética (Lode Corival, Groningen, Netherland): utilizado durante a realização de testes máximo ou com carga constante. Este equipamento se conecta diretamente ao analisador de gases facilitando a coleta conjunta dos dados;
  • Espirômetros (Pony, COSMED, Roma, Itália e KOKO – Inspire Health, Inc., Longmon, Colorado, USA), utilizados para realização de prova de função pulmonar, com análise de capacidades e volumes pulmonares;
  • Esteira Ergométrica (IBRAMED, Brasil): Esteira elétrica que possibilita a realização de testes máximos com diferentes protocolos. Este equipamento se conecta diretamente ao analisador de gases facilitando a coleta conjunta dos dados;
  • Plestimografia respiratória por indutância (Respitrace 204), usado para monitorar os componentes de volume e tempo do padrão respiratório, por meio da captação de mudanças na área de secção transversa que ocorre nos compartimentos da caixa torácica e do abdômen;
  • Oxímetros de pulso (Datex Ohmed, Finlandia e PM-50, Bio-Medical Eletronics Co, Ltd, Shenzhen, China): usados para avaliar valores da saturação periférica do oxigênio da hemoglobina e da frequência cardíaca;
  • Frequencímetros (Polar Advantage, USA): utilizados para monitorar a freqüência cardíaca durante o exercício físico. Além de unidades simples, existem unidade de medida para registro contínuo que possui um conversor de sinal para conexão em computador e software de análise;
  • Eletromiógrafo de superfície (EMG Systems, São Paulo, Brasil, com oito canais): utilizado para registro da atividade elétrica de até oito grupos musculares de forma simultânea, com eletrodos de superfície;
  • Concentrador de Oxigênio Portátil 5litros (DeVilbiss HelthCare, Somerset, Pensilvânia, USA): utilizado para oferta de oxigênio durante realização de testes máximos ou submáximos;
  • Barômetro de Torricelli (INCOTERM, Industria de Termômetros – Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil): medidor da pressão barométrica do ambiente;
  • Sistema de ventilação não-invasiva com 2 níveis de pressão positiva (BIPAP, Respironics, Pensylvania, USA): utilizados para a realização de assistência ventilatória não invasiva.

Além disto estão disponíveis recursos instrumentais utilizados durante intervenções da fisioterapia cardiorrespiratória, tais como: Sistemas de desobstrução brônquica por oscilação positiva (Shaker, Flutter e Acapella); dispositivos de pressão positiva expiratória - EPAP, utilizados para terapia de manutenção de pressão positiva nas vias aéreas na fase expiratória; nebulizadores ultrasônicos, espirômetros de Incentivo - Coach Adulto e infantil, Triflo II e Voldyne.

Coordenadora: Verônica Franco Parreira
Telefone: 3409-4777
Contato: veronicaparreira@yahoo.com.br

Laboratório de Estudos da Dor, Inflamação, Reabilitação e Envelhecimento (LADIRE)

Este laboratório foi criado para permitir o desenvolvimento de pesquisas relacionadas com as seguintes áreas: 1) Estudos da liberação e dosagem de mediadores inflamatórios e a sua influência no desempenho muscular e nas alterações funcionais motoras do processo do envelhecimento; 2) Estudo dos instrumentos de mensuração da dor e do processo inflamatório nas disfunções motoras; 3) Verificação da eficácia da aplicação dos vários recursos terapêuticos utilizados em reabilitação na dor e inflamação em humanos jovens e idosos; e 4) Análise ultrassonográfica da atividade muscular lombar e cervical de adultos jovens e idosos com dores crônicas.

Desde 2003, teve início uma parceria entre LADIRE, o Laboratório de Inflamação e Dor, do Departamento de Farmacologia (UFMG) e o Laboratório de Imuno-Farmacologia, do Departamento de Farmacologia da UFMG. Esses laboratórios têm disponibilizado alguns de seus equipamentos, materiais e animais para a realização dos projetos de pesquisa.

Em 2008, foi feita uma reestruturação do espaço físico desse laboratório e utilizados recursos obtidos de diferentes agências de fomento. Em 2009, novos equipamentos foram adquiridos com recursos financeiros advindos da submissão de projetos de pesquisa às agências de fomento. Em 2010, com verbas do PROF, foi adquirido um gerador para dar mais segurança ao armazenamento de amostras biológicas. Em 2011, foi adquirido um equipamento específico para avaliação do risco de queda em pessoas idosas (Physiological Profile Assessment - PPA). No último quadriênio, o laboratório continuou modernizando e se expandindo por meio da aquisição de equipamentos e materiais para pesquisa, com verbas advindas do CNPq e da FAPEMIG.  Atualmente, encontram-se disponíveis os seguintes equipamentos:

 

•    Hidropletismômetro para membros inferiores (sob patente)
•    Leitor de micro-placas para a realização de testes ELISA
•    Lavadora de micro-placas 
•    Centrífuga FANEM 
•    Equipamentos de TENS 
•    Refrigerador específico
•    Freezer -80°
•    Gerador a diesel (TD 7000 SGE-ATS)
•    Capella de Fluxo Laminar 
•    Autoclave para esterilização de materiais
•    Equipamento de ultrasonografia para verificação de atividade muscular  
•    Destilador de água em aço inox 02 litros Biopar 
•    Equipamento para medidas de PH - peagâmetro
•    Vidraria de laboratório e materiais de consumo específicos para realização dos ensaios biológicos realizados no laboratório
•    Physiological Profile Assessment - PPA

 

Coordenadora: Leani Souza Máximo Pereira
Telefone: 3409-4781
Contato: leanismp.bh@terra.com.br

 

Laboratório de Investigação & Intervenção no Desenvolvimento na Infância e Adolescência (IDEIA)

Laboratório de Investigação & Intervenção no Desenvolvimento na Infância e Adolescência (IDEIA)

Coordenadora: Ana Amélia Cardoso Rodrigues
Telefone: 3409-4796
 

 

Laboratório de Performance Humana (LPH)

Os equipamentos do laboratório de Performance Humana contribuem para a pesquisa em diversas áreas do conhecimento, uma vez que permitem a avaliação de uma grande quantidade de variáveis relacionadas à função neuromuscular, postura e equilíbrio dinâmico. Os equipamentos deste laboratório podem ser utilizados tanto na pesquisa, quanto no ensino clínico e prestação de serviços à comunidade, beneficiando desde os indivíduos severamente incapacitados até atletas de elite. 

Este laboratório conta com os seguintes equipamentos:

  • Um eletromiógrafo de sete canais (Biopac System) para monitoramento da atividade eletromiográfica durante situações experimentais específicas;
  • Um equipamento de mensuração da performance muscular (Biodex System 3 Pro). Este equipamento usa o princípio isocinético (registro de torques musculares em velocidades constantes). Conhecido como dinamômetro isocinético, permite a análise do torque, tempo de reação, potência, trabalho e resistência de vários grupos musculares. Estas análises podem ser feitas de forma isocinética (com velocidade variável), isotônica ou isométrica. Devido a sua versatilidade e comprovada validade no meio científico, os dinamômetros isocinéticos podem ser empregados em uma variedade de pesquisas nas quais sejam necessárias medidas da performance muscular.

Linha de pesquisa: Estudos do Desempenho Motor e Funcional Humano
Coordenador: Renan Alves Resende
Contato: renan.aresende@gmail.com

 

NEUROLAB

Nesse laboratório são desenvolvidos estudos sobre as incapacidades em indivíduos adultos com deficiência primária do sistema nervoso. Os pesquisadores que atuam nesse laboratório têm experiência em fisioterapia neurofuncional do adulto e têm contribuído para o avanço das fronteiras do conhecimento sobre funcionalidade e fisioterapia neurofuncional

Equipamentos e Unidades

Coordenador: Christina Danielli Coelho de Morais Faria
Telefone: (31) 3409-7448; (31) 3409-4783; (31) 3409-4781
Email de contato: cdcmf@ufmg.br

 

Estudos em Reabilitação Neurológica no Adulto

Estudo das relações entre as deficiências, limitações de atividades e restrições de participação, e a influência dos fatores contextuais (pessoais e ambientais), em indivíduos adultos com condições de saúde que acometem o sistema nervoso. Avaliação das propriedades de medida dos instrumentos utilizados em reabilitação neurológica, assim como da eficácia de intervenções fisioterápicas direcionadas para esses indivíduos.